27.9.16

De tudo um pouco

Olá a todos!
Já faz muito tempo que não posto nada no blog não é?
Estou aqui para contar uma novidade, recebi um convite muito especial da minha querida amiga Patricia Di Lorenzi Barbosa para participar de um projeto super bacana:


"Somos 3 amigas de 3 diferentes regiões do país: Angelica Cirne - Nordeste, Patricia Di Lorenzi Barbosa - Sudeste e Tania Martyns - Sul, com diferentes olhares sobre diversos temas, mas sempre com o mesmo foco: as coisas leves, lindas e legais da vida!
De tempos em tempos teremos um mesmo tema com 3 perspectivas, acompanhe a nossa jornada e divirta-se conosco!"


Adorei o convite e aceitei na hora!
E o tema do post de hoje no De tudo um pouco é Livros e Leituras- na nossa estante!


Na minha estante tem de tudo um pouco: livros, presentes, recordações, coleções...
Ela está sempre em movimento, mudo as coisas de lugar, de tempos em tempos guardo alguns objetos e deixo outros a mostra.
A vida está sempre em movimento não é?

Sobre o tema de hoje:
Este ano está sendo complicado, inusitado, desafiador e surpreendente, estou tentando me adaptar as mais diversas mudanças...
Mas mesmo no meio de tantas voltas e reviravoltas fiz dois cursos que foram maravilhosos, um deles foi a Oficina "A arte de contar histórias"- Projeto Conte Mais/ Fergs e o outro foi o Programa Sesc de Voluntariado - Curso de preparação para o voluntariado, ambos  no mês de abril.
Tenho feito desde então vários trabalhos voluntários e em vários segmentos e através destas experiências maravilhosas procuro aprender mais e mais , tenho pesquisado sobre os temas e lendo muito.
Leio matérias, artigos, estudos...neste período li vários livros mas o que mais me tocou foi o Vida líquida de Zygmunt Bauman, foi uma indicação da Luciane Basile, nossa pro no curso do Sesc.



SINOPSE

Este livro procura apresentar um compêndio dos efeitos que a estrutura social e econômica, com base no que é descartável e efêmero, gera na vida, seja no amor, nos relacionamentos profissionais e afetivos, na segurança pessoal e coletiva, no consumo material e espiritual, no conforto humano e no próprio sentido da existência. Em 'Vida líquida', Zygmunt Bauman retoma o tema da fluidez da existência contemporânea, segundo o sociólogo, a 'precificação' generalizada da vida social e a destruição criativa própria do capitalismo suscitam uma condição humana na qual predominam o desapego, a versatilidade em meio à incerteza e a vanguarda constante do eterno recomeço.
                                                                      --------------
Sigo fazendo cursos em outros segmentos então a leitura tem sido bem variada, muitos temas em várias áreas, por este motivo não tenho o livro do momento.

Admiro e muito quem lê uma quantidade enorme de livros, mas para mim o que importa realmente é a forma como aquela obra vai agregar algo em minha vida, acredito que ler é ótimo, mas tem que ir além da leitura, temos que colocar em prática, fazer algo ou a diferença seja em nossa vida, na sociedade, pelo bem comum.
Conhecimento tem que estar aliado a ação.

Para você ver os posts é só acessar o blog das meninas:
Patrícia - https://patiscrap.wordpress.com
Angélica - http://www.designbyangel.com.br/

Desejo a todos uma ótima semana!

4 comentários:

PatiScrap... disse...

Adorei o post Tania, com certeza uma estante tem sempre que estar em movimento, afinal a vida não para, né!? Fiquei curiosa por saber mais do livro e tb penso como você, não é a quantidade de livros que a gente lê que é importante, mas sim o quanto eles nos tocam e como conseguimos colocar o que lemos em prática! Adorei e Parabéns pelos cursos e trabalhos voluntários amiga! Bjs!!

Angelica Cirne Coimbra disse...

Oi Tania, adorei conhecer seu blog, lindas as fotos do banner. Sua estante é fofa com toys que adoro, a Frida me chamou muito atenção. Tenho muita vontade de um trabalho assim de contação de histórias, minha filha quando era pequena eu chegava pra levá-la e um dia cheguei cedo e a professora não estava ainda, peguei um livrinho da estante e comecei a ler pra quem estava e virou costume, sempre que eu chegava lá as crianças já escolhiam um livro pra eu ler pra eles, nunca esqueço isso.

Flavia Gaiguer disse...

Que bom te ver por aqui novamente, gosto muito da maneira como vc escreve. Tb gosto muito de ler. Bjo amiga.

Fabíola Machado disse...

Adorei o projeto. Sou leitora da Paty. Adorei seu post e indicação do livro. Vou continuar seguindo os post x3. Abraços Fabíola